Escolha uma Página

Começando

  • Use o tênis correto. Se você tem arcos baixos e tende a pronar (tem movimento excessivo para dentro), um sapato de ponta reta geralmente é uma boa escolha. Calçados curtos com amortecimento são melhores se você tiver arcos altos e tender a supinar (ter movimentos excessivos do pé para fora).
  • O aquecimento antes da corrida ajuda a prevenir lesões e estimula um melhor condicionamento cardiovascular. Dez minutos de caminhada ou exercícios leves vão aquecer seus músculos (e seu coração). Evite alongar os músculos frios. Guarde o alongamento para o seu pós-treino.
  • Correr muito rápido, muito cedo, muitas vezes resulta em lesão e coloca os corredores iniciantes desmotivados. Você saberá se está indo muito rápido conversando com seu parceiro (ou falando em voz alta para si mesmo). Se você não consegue falar confortavelmente ou facilmente completar uma frase, diminua a velocidade!

Melhore Seu Desempenho

  1. Para construir resistência, antes de tudo escute seu corpo. Não adicione quilometragem no seu treino se você não sentir que está preparado para isso. Aos poucos você vai melhorando sua capacidade respiratória e o seu corpo vai te dar sinais de que consegue ir mais além. Escute o seu corpo. Além disso, a cada quatro semanas de treinos fortes, dê uma semana de quase folga para seu corpo. Experimente nessa semana atividades aeróbicas mais leves. Será fundamental para sua regeneração.
  2. Para desenvolver força e velocidade, treinos de “tiro” são fundamentais. Apenas certifique-se de aquecer antes e depois esfriar para permitir que seus músculos voltem ao funcionamento normal.
  3. No dia da corrida, é melhor comer uma refeição leve, rica em carboidratos, para que você tenha muita energia rápida. Você pode obter seus carboidratos de barras energéticas, bananas ou até mesmo macarrão ou arroz. As bebidas esportivas também são uma boa fonte de carboidratos e garantem que você esteja bem hidratado.

Permaneça Saudável

  1. Lembre-se de beber água antes, durante e depois da corrida, mesmo no tempo frio. Seu corpo ainda perde água através da transpiração, mesmo que você não sinta que está suando ou com sede. Mas lembre-se: Não exagere, pois a hidratação excessiva pode ser tão perigosa quanto a falta de água.
  2. Em clima quente, é melhor usar roupas leves, que irão respirar e te proteger da luz solar. Um gorro com boa ventilação ou malha e uma aba para manter o sol fora do seu rosto é bom, assim como uma generosa quantidade de protetor solar para a pele exposta.
  3. Para a corrida noturna, uma luz de segurança usada em um cinto ou braçadeira oferece boa visibilidade aos motoristas. Os modelos estão disponíveis em luz clara ou vermelha e algumas ainda têm uma opção de farol intermitente. Caso a corrida for em um Parque bem iluminado, isso passa a não ser tão necessário.
  4. Se você se machucar durante a corrida, certifique-se de descansar adequadamente antes de voltar ao seu cronograma de treinamento. DICE (Descanso, Gelo, Compressão e Elevação) é a primeira linha de defesa para músculos, tensões e entorses. Descanso para evitar novas lesões. Gelo para retardar o inchaço ou sangramento. Compressão de uma atadura elástica para imobilizar uma articulação e / ou reduzir ainda mais o inchaço e Elevação para evitar o acúmulo de líquido nos tecidos.
  5. O treinamento cruzado é uma excelente maneira de trabalhar diferentes grupos musculares, evitar o tédio do treino e lesões por uso excessivo. Andar de bicicleta, subir escadas, praticar esqui cross-country e dança aeróbica são ótimas maneiras de treinar de forma cruzada para correr. O treinamento com pesos (indispensável) aumenta a força básica que você precisa para a corrida.
  6. Alongar depois de correr é uma boa ideia. Isso ajuda a retirar o ácido láctico dos músculos, além de alongar alguns dos grupos musculares complementares que não são usados ​​durante a corrida.

Lembra de mais alguma dica que eu esqueci de colocar aqui? Como estão indo os seus treinos? Compartilha comigo suas ideias nos comentários. Tamo junto!?